Delegacia do Consumidor prende suspeito de venda clandestina de combustível pela segunda vez

Delegacia do Consumidor prende suspeito de venda clandestina de combustível pela segunda vez


As equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) cumpriram nessa terça-feira (10) mandado de prisão preventiva em desfavor de Ricardo Silva Guedes. Ele foi preso no Jardim Novo Mundo, em Goiânia.

O mandado de prisão foi solicitado pela especializada em razão do investigado continuar a praticar o crime previsto no artigo 1º, I da lei 8.176/91, mesmo após sair da audiência de custódia, motivada por sua prisão em flagrante em 16 de outubro.

O autor mantinha um lavajato de fachada, em que a principal atividade era a revenda clandestina de combustível, de origem criminosa. Os motoristas de caminhão-tanque, mediante abuso de confiança, furtavam o produto inflamável transportado por eles e vendiam para Ricardo Silva, aproveitando-se do grande espaço que tinham no lavajato para manobras e da desculpa de lavar os caminhões.

Desta vez foi solicitada e concedida judicialmente a suspensão da atividade do lavajato, estando o estabelecimento fechado. O crime prevê pena detenção de 1 a 5 anos, assim o autuado foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição do Poder Judiciário.

 

Fonte Polícia Civil Go

CATEGORIA

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.