Decar prende suspeito de roubo a carga que se passava por policial civil

Decar prende suspeito de roubo a carga que se passava por policial civil


Na última segunda-feira (2), um grupo de criminosos, utilizando um carro locado de mesmo modelo de algumas viaturas do Estado de Goiás – inclusive com o uso de um giroflex, trajando camisetas e carteiras funcionais falsas da Polícia Civil de Goiás-, abordou o motorista de uma carreta que transportava roupas e estava parada em um posto em Aparecida de Goiânia. A carreta foi roubada sob grave ameaça ao motorista.

Essa ação audaciosa foi resolvida em menos de 5 horas. Em um trabalho das equipes da Polícia Civil, através da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) e do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Anápolis, em cooperação com a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal, foi dado início a um procedimento investigativo que partiu da análise das imagens das câmeras de segurança e conseguiu localizar e prender E. A. S. A prisão foi efetuada em meio à Operação Questão de Honra. 

O suspeito, que estava na posse do mesmo veículo simulando ser uma viatura da Polícia Civil – um Chevrolet Ônix, cor prata, locado -, alegou que utilizava o carro por ser motorista de aplicativo.

Na casa dele, em Abadia de Goiás, foram apreendidos a camiseta falsa da Polícia Civil, uma espingarda e um revólver. E foi encontrado inclusive o colar e o relógio que E. A. S. usava quando agiu dentro do posto de combustível. A partir daí, as forças policiais conseguiram resgatar o motorista da carreta e recuperar a carga no valor de R$ 500 mil.

O motorista reconheceu E. A. S. como sendo um dos autores do roubo. As investigações prosseguem no sentido de localizar outros possíveis autores.

 

Fonte Polícia Civil Go

CATEGORIA

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.